ETAPA ARELLO DECOR | SAN MARINO – FEV. 2020

E lá vamos nós para um dos melhores kartódromos paulista. O San Marino é sempre palco de muitas disputas e diversão.

E quem vem patrocinando dessa vez é a Arello Decor!

A Arello Decor trabalha com grandes parceiros para oferecer o que há de melhor para sua casa, transformando o abstrato de uma ideia em arte concreta, seguindo o que há de melhor nas novas tendências desde 2014 constituindo-se na maior loja de quadros e molduras do centro-oeste paulista.

A Arello Decor pode ser encontrada fisicamente em Araçatuba. Claro, você também pode conferir o ar de bom gosto e requinte virtualmente no site https://www.arellodecor.com.br.

Resultado de imagem para arello decor

Agora você já sabe: Se for ao SpeedPark, visite a Arello Decor e tome um café com o André Celloni. Quem sabe você dá a sorte de não encontrar o Rafael Celloni por lá também, não é mesmo?

Segunda etapa da temporada, muita coisa para rolar, mas ainda a mesma ansiedade da estreia pois em uma única corrida ainda não é o suficiente para despejar toda a adrenalina que vem com 12 etapas.

Estivemos lá em novembro do ano passado. Você pode recordar como foi a Master clicando aqui e para a Light clicando aqui. Mas não é querendo fazer qualquer desfeita à performance dos nossos pilotos, mas o que mais pegou foi a volta de despedida de um de piloto parceiro de todas as horas, diretor pé no chão, o cara por trás da nossa identidade visual, enfim... tão difícil quanto no mês de dezembro, foi o início da despedida do nosso querido FabioCa que nos deixou fisicamente por motivos profissionais.

FabioCa voltando aos boxes no Corredor Polonês do Amor.

Mas enfim, voltemos ao presente iniciando pela Categoria Master. Mais uma vez com 23 confirmados e 1 pipoca (dessa vez o Vinícius Fava da Jeguar pipocou).

Fava que já não foi tão bem na etapa de estreia no KGV em janeiro terminando em 20º, pode fechar o mês na lanterna pois já usará fevereiro como descarte. Para não ficar tão atrás, deve torcer para que Fabio Prado da ZebraLaren, Fabio Sugano da Ferrault| iDea, Marcio Kuwakino e Rafael Celloni ambos da Ferradis, não terminem acima da 21ª posição.

Já nessa contramão (sem referência alguma ao Rubens GP Netto), aproveitando o pessoal acima citado, precisam se redimir do resultado abaixo do esperado, com exceção do Rafael Celloni que não participou da etapa, os demais tiveram problemas de performance e precisam correr atrás dos pontos perdidos. Podemos incluir também Antonio Zambom da Ruimlliams e Guilherme Nogueira da Ferradis que tiveram problemas em pista. No caso do Guilherme, acabou sofrendo uma advertência que lhe acrescentou 5 segundos além de menos 3 pontos em sua pontuação na etapa.

Outro ponto é o pessoal que veio da Light mostrar ao que vieram. Por enquanto, apenas o campeão da light 2019, Rogério Cebola da Ferrault | iDea teve um resultado à altura do que os 8 pilotos que de lá vieram apresentaram. Além dos já citados Vinícius Fava, Gui Nogueira, temos Marcio Dantas da Jeguar na P17, Thiago Santa Rosa da ZebraLaren na P16, Rodrigo Koji da RedBurros | Wisdomtech na P15 e um pouco mais afastado Luciano Ribeiro da Ruimlliams na P10. Mas esse é o status em cima da primeira corrida. Já sabemos que muita coisa pode e vai mudar.

E lá na ponta? Será que o reinado do líder Rodrigo Silva da Ruimlliams vai permanecer intacto? Rodrigo com 3 pontos a mais que Rogério Cebola não pode acreditar que é uma grande vantagem. Ainda mais se ele se encontrar com Caio Terra da RedBurros | Wisdomtech durante a corrida. Para você que não entendeu a referência, sugiro que leia o texto de novembro que citei mais acima. Sei que com qualquer escorregada desses caras, Thiago Meira da Ferrault | iDea ou Francisco Levi da ZebraLaren podem se tornar os novos líderes do campeonato.

Dois nomes que esse humilde escriba aposta em boas performances não são nenhum dos citados até o momento mas sim o veterano Flávio Chaves da Jeguar que conhece bem a pista e André 'Tchesco' Francisco da Ferrault | iDea que na última etapa por lá deu show de performance e retomou seus bons resultados.

Abaixo, os vencedores de todas as etapas em San Marino. Junior Fidelis é o único com mais de uma vitória nas 9 edições realizadas na Master. Filipe Paro também possui duas vitórias, porém uma em cada categoria.

DATAMASTERLIGHT
nov/19Flávio ChavesRogério Cebola
mai/19Filipe ParoGuilherme Nogueira
nov/18Junior FidelisFilipe Paro
jul/18Rodrigo SilvaFabio Sugano
nov/17Thiago MeiraNão havia a categoria
jun/17Junior FidelisNão havia a categoria
mar/16Marcos SáNão havia a categoria
nov/15Ricardo BunnymanNão havia a categoria
out/14André NagahamaNão havia a categoria

E o que vem na Light nesse sábado são duas corridas! Como assim? Pois é...
A procura foi alta logo em janeiro e acabamos por dividir a categoria em duas baterias onde os pilotos com posições pares correm junto e outra com ímpares.

Além disso, os pontos serão dados como se fossem apenas 1 corrida, ou sejam teremos dois vencedores, dois vices e assim por diante.

Ou seja, um grande pega para capar até dezembro.

E vale salientar que esse formato da chances de muitos se aproximarem dos lideres. Uma divisão dessas certamente encolherá toda e qualquer diferença, podendo trazer alguém da parte de baixo da tabela para cima, pois ainda temos o descarte. Mas também poderá afundar quem faltar e não foi tão bem na etapa de janeiro.

Será que Ailton vai tomar de volta a vitória que lhe escapou das mãos em janeiro?

Será que Denis manterá a supremacia?

Será que algum piloto azarado de janeiro pode dar a volta por cima e subir ao pódio?

Muitas emoções no San Marino!

E sem falar da Copa, né? Vamos deixar para tirar sarro depois. Confira os grids abaixo

Os trabalhos em pista iniciam com os pilotos da Light que estão em posições ímpares no campeonato.

Logo na sequencia, os pilotos da Master dão continuidade às atividades do dia. O piloto André 'Tchesco' Francisco ainda é uma incógnita pois se contundiu em treinos.
E encerrando a brincadeira, a Light com pilotos ímpares.