Este documento tem por objetivo regulamentar o conjunto de regras a serem seguidas na temporada 2020.

Tais regras foram coletadas durante 2019 e alinhadas pelos pilotos no mesmo ano, entrando em vigor a partir de janeiro/2020.

  1. Datas das Provas & Pistas

As provas ocorrerão no 2º Sábado do mês salvo problemas de disponibilidade com o kartódromo.

As provas ocorrerão uma vez ao mês nos Sábados conforme calendário. Em acordo realizado com os pilotos, duas etapas ocorrerão em domingo, para coincidir com eventos da ACKA - Associação de Campeonatos de Kart Amador, cujo passamos a fazer parte efetivamente em 2020.

Independente do clima (garoa, chuva, sol, vento, furacão, tsunamis e erupções vulcânicas), as provas serão disputadas normalmente, mesmo em pistas abertas salvo em caso de proibição por parte da direção da pista.

As datas das corridas podem sofrer alterações de acordo com a disponibilidade da pista. Para melhores informações sobre as datas, checar o Calendário.

 

Devido a associação com a ACKA, não realizaremos alterações de calendário, salvo por questões imponderáveis.

 

Nesse ano, os kartódromos utilizados são:

Italia Kart, Interlagos, Kartódromo de Itú (novo), Kartódromo Granja Viana, Nova Odessa e San Marino, SpeedPark (novo).

Para o SpeedPark em Birigui, será organizado esquema de transporte em ônibus para pilotos e familiares para que os custos de deslocamento sejam diluídos. Essa opção pode ser removida a qualquer momento devido a questões de logistica e custo.

O campeonato continua contando com duas categorias nomeadas como OsKarteiro Master (OKM) e OsKarteiro Light (OKL) com pontuação, grid, e posição de pilotos independentes. As categorias correrão em baterias separadas, porém em caso de não fechamento da pista, poderão correr na mesma bateria caso a pista permita a quantidade total de pilotos. Caso contrário, a categoria que não tiver quórum suficiente correrá com bateria aberta ou ainda as vagas faltantes poderão ser compradas.

Uma segunda bateria Light poderá ser aberta contando com os pilotos da metade de baixo da tabela de classificação e novos pilotos/convidados.

As baterias poderão ser em horário não sequenciais, pois dependerá de disponibilidade de horário da pista. Preferencialmente, haverá uma janela de 30 minutos entre as baterias para que os presentes possam acompanhar as baterias em sua plenitude.

O início das baterias será alternado. Nos meses 1, 3, 5, 7, 9 e 11 a categoria Master iniciará as atividades. Nos meses, 2, 4, 6, 8 10 e 12 a categoria Light iniciará as atividades.

CALENDÁRIO

(Valores para mera referência. Podem haver alterações)

18/jan KGV

15/fev

14/mar (Endurance interno)

25/abr

16/mai

20/jun KGV

26/jul    San Marino (domingo)

15/ago

19/set    San Marino (Endurance interno)

31/out

21/nov KGV + Desafio ACKA

05/dez

 EVENTOS ACKA

24/05 Desafio ACKA -

08/10 ACKA Endurance Dia dos Pais - San Marino

21/11 Desafio ACKA – KGV

2. Traçados

 Os traçados serão escolhidos pela Diretoria e informados aos pilotos no momento do briefing.

 

3. Pontuação

 Os pilotos receberão a seguinte pontuação de acordo com seu posicionamento final em cada prova:

01º - 31 pontos

02º - 29 pontos

03º - 27 pontos

04º - 25 pontos

05º - 24 pontos

06º - 23 pontos

07º - 22 pontos

08º - 21 pontos

09º - 20 pontos

10º - 19 pontos

11º - 18 pontos

12º - 17 pontos

13º - 16 pontos

14º - 15 pontos

15º - 14 pontos

16º - 13 pontos

17º - 12 pontos

18º - 11 pontos

19º - 10 pontos

20º - 09 pontos

21º - 08 pontos

22º - 07 pontos

23º - 06 pontos

24º - 05 pontos

Demais Posições - 05 pontos

Melhor Volta: 1 ponto.

Piloto sem camiseta durante a corrida: Menos 2 pontos.

Piloto ausente no briefing: Menos 1 ponto.

Piloto com ADVERTÊNCIA: 5 segundos de acréscimo no tempo e menos 3 pontos.

STOP & GO: Menos 5 pontos.

Bandeira Preta ou Desclassificação: o piloto fica com pontos zerados e não pode utilizar descarte.

Reforçando, as penalidades são cumulativas. 

Aos pilotos ausentes, vide regra #6

Cada categoria (Master e Light) terão pontos individuais, ou seja, os pontos dos pilotos ou das equipes de uma categoria não influenciarão na pontuação da outra.

Ao piloto que não comparecer ao briefing ou chegar atrasado ou ainda se ausentar durante o briefing, será descontado 1 ponto. Demais descontos de pontos de pilotos e equipes, vide regras #3 e #12

A corrida com pior resultado, seja por pontos ou falta será descartada. Essa regra limita-se a uma corrida.

4. Fair Play e Idade mínima

Caso o piloto haja de forma antidesportiva, este será avaliado pelos demais pilotos envolvidos para que seja definida sua permanência ou não no campeonato através de voto, o qual poderá ser aberto ou fechado. A decisão se dará pela maioria dos votos. Em caso de empate, será feito um sorteio entre os votos.

Serão aplicadas as advertências conforme informadas no item 3. 

Serão aceitos novos pilotos acima de 21 anos. Será assinado termo interno de responsabilidade sobre os riscos da prática do kartismo.

Não serão aceitos pilotos de última hora no “calor do momento”. Exceto para preenchimento de vagas e com aprovação da Diretoria.

O novo piloto deverá assinar nosso termo de conhecimento dos perigos da prática do kartismo, das bandeiras e de como se comportar na pista.

O Diretor de Prova será informado para cumprir as regras de segurança de forma extrema, penalizando a partir de toques onde ‘não foi possível frear’. Portanto, pense antes de realizar uma manobra forçando por dentro e espalhando seu oponente ‘sem querer’.

5. Inscrição e Grid de Largada

Todos os participantes devem estar devidamente inscritos no campeonato via formulário. O link é fornecido no momento da solicitação.

A largada de cada prova ocorrerá em definição por TOMADA DE TEMPO.

Novos pilotos largarão no final do grid tendo prioridade de largar mais à frente quem se registrou primeiro na corrida em questão. Essa regra não é válida para a primeira corrida da temporada.

Se não for aplicável, o mais pesado larga na frente.

Não fechando a pista, os participantes de fora correrão à nossa frente ou se o grupo preferir, pagamos a diferença das posições em aberto ou ainda realizaremos a classificação normalmente.

Pilotos que se atrasarem para entrar na pista ficarão à mercê da organização do kartódromo podendo ou não correr.

Caso as duas categorias corram na mesma bateria, a Light largará no pelotão de trás, com distância de duas filas as separando.

O grid será definido com aqueles que confirmarem presença e pagamento até duas quintas-feiras antes da corrida. Aqueles que confirmarem entre a sexta-feira e a quinta-feira posterior após a divulgação do grid definitivo, largarão nas últimas posições da sua categoria em ordem de confirmação. Não haverá pré agendamento.

O pagamento deve ser realizado na conta do organizador ou a quem este designar por motivo de logística.

Os membros da Presidência seguem isentos de penalidade de prazos em contrapartida às suas atividades de gestão.

Inscrição, Grid de Largada e Pódio – Disposições Gerais

É obrigatória o uso da camiseta para entrar em uma equipe no início da temporada assim como seu uso durante a corrida. Sempre que um piloto entrar em tempo hábil para aquisição e confecção, este entrará na equipe com menor frequência ou membros ou pontos, ficando a critério da Presidência.

Haverá sorteio de karts realizado por nossa própria organização.

Haverá uma sequência de karts a serem utilizados caso o piloto troque de kart.

O grid será definido com aqueles que confirmarem presença e pagamento até duas quintas-feiras antes da corrida. Aqueles que confirmarem entre a sexta-feira e a quinta-feira posterior após a divulgação do grid definitivo, largarão nas últimas posições da sua categoria em ordem de confirmação. Não haverá pré agendamento.

O pódio só será formado por pilotos devidamente uniformizados com a camiseta de sua equipe, preferencialmente de macacão. Caso este já não tenha vindo, é liberado o uso da camiseta de um companheiro de equipe. Caso este insista a estar no pódio sem camiseta, será penalizado com menos 2 pontos na etapa.

6. Novos Pilotos

Ao piloto que entrar no decorrer do campeonato, não receberá pontuação referente a corridas passadas. O piloto passa a pontuar a partir de sua segunda corrida, com 0 pontos. Este não pontuará se entrar a partir do mês de agosto.

7. Ausência

O piloto que comparecer no momento da corrida e tiver algum impedimento (acidente, indisposição, etc.) receberá 4 pontos pela presença, porém também perderá pontos por falta de camiseta ou ausência no briefing.

Um piloto nunca terá seus pontos zerados exceto exemplos citados no item 3.

A saída de um piloto durante o campeonato não altera os pontos dos demais envolvidos.

 Caso o piloto pague e não compareça, o valor será devolvido, exceto para o caso onde o valor for necessário para fechar a pista, ou um outro piloto ainda não pagante se responsabilize a usar a quantia e devolver ao piloto ausente. Não haverá crédito para as próximas corridas.

8. Quebra e Troca de Kart

Caso venha ocorrer a quebra do kart e não haja reserva para que o piloto retome a corrida em tempo hábil, o mesmo receberá os pontos da posição imediatamente abaixo do último colocado que concluiu a prova.

Ocorrendo mais de um abandono por motivo de quebra na mesma volta, o competidor que possuir o melhor tempo terá vantagem da posição.

Para o caso de corrida com lastro, o piloto poderá correr sem o peso extra normalmente, quando esta troca for realizada durante a corrida.

Caso o piloto troque de kart durante as voltas de aquecimento ou corrida haverá uma sequência de karts a serem utilizados.

Lembrando que estamos correndo entre amigos e não existe motivo para agir de má fé, como quebrar um kart propositalmente para pegar outro sem lastro.

Anexo referente a caso C.A.C.A 2010/0001 - Toda e qualquer situação que envolva falhas operacionais dos funcionários das pistas e que não estão contempladas nas regras vigentes não serão acatadas, valendo então somente o resultado final da corrida sendo este indiscutível desde que fatos absolutamente indiscutíveis se oponham ao resultado impresso.

 

9. Equipes & Categorias

A composição das equipes será realizada pelos 6 pilotos melhores classificados no campeonato de 2019 da Categoria Master formadas com base na performance do campeonato no mês de outubro.

São 6 equipes em cada categoria. Novos integrantes entrarão sempre na categoria ‘OKL’.

Os cabeças de chave levarão o título de Chefe de Equipe, ou a equipe poderá nomear um Chefe de Equipe diferente se assim desejarem. Este será responsável pela gestão da equipe, identificação de sua equipe em pista e decisões internas. Os mesmos escolherão suas equipes, partindo da sequência do 6º colocado para o 1º. A segunda rodada, segue do 1º ao 6º e assim sucessivamente.

 

As equipes ficam da seguinte forma:

Ferradis

Ferrault

RedBurros

Ruimlliams

ZebraLaren

Jeguar (nova)

No caso da saída de um piloto de sua equipe, a equipe pode convidar outro piloto ou manter a vaga em aberto.

Novos pilotos, independente da experiência serão incluídos em nova equipe ou incorporados em equipes que porventura tenham vagas disponíveis sempre na categoria Light.

Os pontos conquistados pela equipe não sofrerão alterações caso haja troca de integrantes. O piloto migrante não levará seus pontos para sua nova equipe.

Os pontos das equipes serão compostos pela soma dos pontos de seus três pilotos com melhor resultado na corrida em questão.

Os pilotos da Master que terminarem o campeonato da 19ª a 24ª posição migrarão para a categoria Light.

Os pilotos da Light que terminarem o campeonato da 01ª a 06ª posição migrarão para categoria Master. Desde que o piloto tenha 7 corridas ou mais.

Esses números poderão ser alterados durante o campeonato dependendo da quantidade de pilotos ativos até julho.

As táticas de corrida serão de responsabilidade exclusiva de cada equipe.

10. Copa OsKarteiro

 

A 3ª Copa OsKarteiro ocorrerá em paralelo com o campeonato convencional, começando na corrida de fevereiro, e sendo organizada em duas fases:

  • Na primeira fase os pilotos serão divididos em grupos de 5 (um de cada equipe) e cada piloto enfrenta uma vez os outros 4 pilotos do grupo, com vitória valendo 3 pontos e empates 1 ponto.

Na categoria Master se classificam os 4 melhores de cada grupo e na Light os 3 melhores (com a 16ª vaga sendo para o melhor 4º colocado).

  • A segunda fase, de mata - mata, será disputada em partida única, com as chaves sendo definidas pela classificação nos grupos.Faltas serão contadas como W.O. (W.O. duplo resultando em empate) e eventuais desempates ocorrerão pela classificação no campeonato.

 

Cada categoria terá sua Copa. Ao final do ano, o vencedor também receberá premiação mesmo se já tiver recebido alguma outra premiação pois os prêmios são cumulativos.

Regras não abordadas para a Copa, terão como base as regras do campeonato.

11. Endurance

 

Nas etapas de março e setembro os Endurances Internos. Os pontos obtidos pelos pilotos em suas equipes estabelecidas no Endurance refletirão nos seus pontos no campeonato e nas equipes.

Os pontos dos 3 melhores pilotos das equipes oficiais serão considerados para o campeonato de equipes.

As regras estabelecidas para o Endurance não interferem no campeonato. Situações em que o regulamento do Endurance não contemplam, o regulamento do campeonato será levado em consideração.

 

12. Empates

Caso haja empate no resultado final do Campeonato ou para a Copa, os seguintes critérios serão adotados:

  • Quantidade de pontos - O piloto com mais pontos corridas terá vantagem. Essa regra é válida apenas para a Copa. Persistindo o empate ou não se aplicando...
  • Número de Corridas - O piloto que disputou mais corridas terá vantagem.

Persistindo o empate ou não se aplicando...

  • Soma de melhores resultados – O piloto que tiver menor valor na soma de colocação terá a vantagem.

Ex.      Piloto A = 1º + 3º = 4 pontos

Piloto B = 2º + 4º = 6 pontos

Nesse caso, o piloto A tem a vantagem.

Persistindo o empate...

  • Número de Vitórias – O piloto com maior número de vitórias terá a vantagem.

Persistindo o empate ou não se aplicando...

Persistindo o empate...

  • 2º Lugar - O piloto com maior número de segundo lugares terá a vantagem;

Persistindo o empate...

  • 3º Lugar - O piloto com maior número de terceiros lugares terá a vantagem; - E assim sucessivamente...

Persistindo o empate...

Regra do Uni-Duni-Tê!

Entende-se por ‘vantagem’ uma melhor qualificação em qualquer situação. Por exemplo: caso a montagem do grid tenha dois pilotos com mesma pontuação, quem vencer no desempate, larga à frente.

13. Exceções e Solicitações Gerais

Nenhuma exceção será tratada verbalmente, exceto em casos que necessitem agilidade na decisão onde o grupo já esteja dentro do kartódromo.

As solicitações não abrangidas neste regulamento deverão ser realizadas por e-mail ou no grupo do Whatsapp com todo o grupo em cópia.

Solicitações verbais que influenciem diretamente no andamento das atividades do grupo serão ignoradas.

15. Lastro

Haverá lastro sempre que possível alinhando todos a 90Kg. Os 10 primeiros colocados de cada bateria não poderão sair do kart até que seu peso seja conferido. Caso o piloto não esteja com 90Kg este será desclassificado.

 

  1. Uniforme

O Chefe de Equipe é responsável pelas camisetas e toda a tratativa de confecção.

Caso o piloto não compareça devidamente uniformizado, serão descontados 2 pontos da corrida em questão.

Caso o piloto esteja em posição de pódio, porém não esteja devidamente uniformizado, o mesmo não participará da foto de vencedores, se limitando a apenas a foto coletiva. Essa regra visa maior comprometimento e uma boa visibilidade do grupo.

 

16. Bônus e Taxas

O valor da inscrição no campeonato fica estabelecido em R$ 80,00 para todo o ano dando direito à camiseta no início da temporada.

A cada etapa, será cobrado o valor da bateria + R$ 15,00.

Para a confraternização em dezembro, os valores por piloto serão proporcionais a sua participação no ano, quanto mais corridas menor ou zero o valor, acompanhantes maiores de 06 anos contribuirão com valor a ser divulgado no momento propicio , limitado a filhos e cônjuge.

Os valores são revertidos para custos do churrasco de final de ano, premiações, pagamento do domínio, gestão, investimentos, produtos e demais despesas operacionais.

  1. Premiação

 Parte do valor coletado será convertido em prêmios para Os Campeões Individuais de cada categoria, todos os integrantes ativos das equipes campeãs de cada categoria e para os Campeões das Copas.

A premiação nunca será em espécie.

18. Segurança.

 

O uso de equipamentos de segurança que estejam fora do contrato com o kartódromo ficam a cargo do piloto, como luvas, protetores de costela e protetor de pescoço/cervical.

A organização do OsKarteiro indica fortemente o uso desses itens em todas as corridas e de forma adequada.

 O uso inadequado ou a não utilização de equipamento apropriado é de responsabilidade total do piloto.

19. Responsabilidade.

 

Ao entrar em qualquer corrida do OsKarteiro, o piloto assume todos os riscos da prática do kartismo, inclusive nos âmbitos cíveis e criminais quando aplicáveis. O piloto é responsável pelos dados informados ao kartódromo no termo de responsabilidade isentando participantes, diretoria e coordenação do campeonato de qualquer responsabilidade ocasionada por ele mesmo ou por outros em pista.

O OsKarteiro procura desde sua fundação manter o respeito, amizade e boa convivência dentro e fora das pistas. Portanto todo piloto que está no campeonato assume que as boas maneiras, educação, compreensão e bons hábitos de convívio são primordiais para sua permanência no campeonato respeitando a todos, seja piloto, sejam os fiscais de pista, sejam convidados ou quaisquer outras pessoas durante o evento.

Não serão admitidas discussões de cunho discriminatório como raça, opção sexual, religião, futebol, condição física e psicológica entre outras práticas que não sejam dignas de pessoa moralmente correta.

Caso algum piloto haja contra esses termos, sua exclusão será aplicada imediatamente podendo responder criminalmente por seus atos.

20. REGRA ANEXA 2018: ALCOOL

 

Devido a fatos ocorridos na corrida de fevereiro/2018, poderemos retornar com a fiscalização própria para auxiliar em lances de má conduta na pista. Faz se saber:

O piloto flagrado ingerindo bebida alcoólica antes da corrida perde 50 pontos sem direito a descarte.

21. Fiscais de Pista

 

Nenhum piloto está autorizado a ficar na área dos Fiscais. Isso se aplica a Organizador, Diretores e Chefes de Equipe.

As decisões dos Fiscais não serão divulgadas por motivo de manutenção da harmonia dentro do grupo.

Entende-se por Infração, o ato de mudar o curso natural de outro piloto de sua trajetória. Esse ato gera a Advertência.

A alteração da trajetória de outro piloto é passível de punição independente da intenção. O julgamento de "Não Intenção" será medido caso o piloto devolva a posição. Caso não a devolva em até uma volta, a Advertência deve ser aplicada. Caso o piloto infrator devolva a posição, os fiscais não poderão punir o piloto em questão.

Os fiscais devem entrar em contato com a organização e informar o número do kart do piloto para aplicarem a Advertência com a devida justificativa. Exemplo: "Kart 1 jogou Kart 2 para a fora dos limites de pista".

As punições se darão durante o período de corrida evitando discussões posteriores.

O grupo de fiscais também são pilotos de equipes. Portanto o Fiscal assume o papel de imparcialidade no julgamento dos casos.

A decisão de punição a um piloto deve ser com o voto da maioria dos fiscais. Em caso de empate, a punição não será aplicada.

Os Fiscais não poderão pedir Bandeira Preta ou Stop & Go. Isso se dará naturalmente com o acumulo de advertencias de acordo com as regras do kartódromo.

Durante o briefing, o organizador deve informar a todos os pilotos sobre a fiscalização e tem o papel de alinhar a melhor forma de comunicação com o Diretor de Prova e pontos de observação.

 

22. C.A.C.A. - Conselho para Assuntos Complexos e Aleatórios.

A Diretoria deve participar de deliberações ordinárias e ser consultada sempre que necessário, porém quando o grupo não conseguir resolver impasses o caso será passado para julgamento do C.A.C.A. - Conselho de Assuntos Complexos e Aleatórios.

Os casos que forem levados ao C.A.C.A. serão analisados e julgados por seus membros. Este conselho possui plenos poderes de decisão devendo seu veredito ser tomado como verdadeiro e regra.

Após julgamento, não haverá apelação, seja individual ou coletivamente.

As novas definições aplicadas pelo Conselho serão automaticamente incorporadas ao regulamento.

Ricardo Soares

Fábio Ramiro

Thiago Meira

Cássio Machado

 

 

 

OsKarteiro