Agosto/2016 – Aldeia da Serra (RESULTADO)

E lá se foi mais da metade do campeonato e a liderança não se altera, mas na parte de baixo...

IMG-20160806-WA0042

Júnior Fidelis concluiu uma sequência de 3 vitórias nesse mês de agosto, mas mesmo após a 3ª vitória consecutiva Thiago Meira se manteve na liderança. Pedro London que também tem chances de título terminou em 4º lugar logo à frente de Thiago.

E no 2º e 3º lugares tivemos duas performances de tirar o capacete de Cássio Machado e Rodrigo Santos respectivamente que tiveram seus melhores resultados de suas carreiras n’OsKarteiro nessa corrida. Com Júnior disparando à frente logo nas primeiras curvas, ambos travaram disputas diretas com os experientes Pedro London e Thiago Meira.

Mais atrás tivemos Márcio Kuwakino (6º) e Claudio Silva (7º) que conseguiram se desprender do bolo e travaram disputas entre si.

Abaixo dessa linha, tivemos aqueles que infelizmente pegaram karts nada alinhados e nada competitivos. Ricardo Bunnyman (8º) e Flávio Chaves (9º) administraram suas corridas até o fim. Fábio Ramiro (10º) e Maurício Chibane (11º) da mesma forma. Francisco Levi (12º) e Fábio Prado foram agraciados com os piores karts do grid e não conseguiram competir com o restante dos pilotos. Este último foi prejudicado logo na largada perdendo diversas posições mesmo tendo largado na pole.

Entre as equipes, a Redburros foi a que mais pontuou enquanto a desfalcada ZebraLaren pontuou apenas com 1 piloto. Veja abaixo os pontos obtidos pelas equipes nessa etapa.

RedBurros - 31
Ferradis – 28
ToroRoxo - 20
ZebraLaren – 14

É inevitável tocar no assunto da qualidade atual dos karts. Corremos na Aldeia há muitos anos e nunca presenciamos um abandono tão grande com relação ao indoor. A pista é muito bacana e o atendimento idem, porém o que encontramos lá em duas corridas nesse ano foram karts muito diferentes entre si. Sem potência e sem o devido alinhamento além de pneus em condições lastimáveis.

Não é de hoje que o Kartódromo Aldeia da Serra vem apresentando falta de qualidade. Suas dependências estão sempre vazias em um clima muitas vezes até mórbido de um lugar onde o som de motores deveria ressoar de longe.

É muito triste ter que anunciar que seremos obrigados a migrar a etapa de outubro que iríamos fazer por lá e ir a outra pista que realmente se preocupe com a satisfação de seus clientes.

Além de termos que repensar sua posição em nosso calendário. Não por isso, muitos campeonatos amadores fazem sequer uma única corrida por lá em um ano inteiro.

Veja abaixo o vídeo da etapa. Foi tanta decepção que não houveram vídeos individuais sobre a performance. Posteriormente alguns pilotos mandaram suas impressões.